Blog do Miguel Faccio

◄◄◄ Dúvidas quanto a navegação do site, clique em "NAVEGAÇÃO".►►► Este Blog tem a finalidade de levar a você o resultado de uma vida de estudo, de dedicação e de aprofundamento dos conhecimentos revelados pela Fonte Suprema. Dou ênfase aos RAIOS DIVINOS OU CHAMAS que é uma das últimas revelações à humanidade, deixando de ser do domínio secreto.

RCD2118 – Raios ou Chamas

Mensagem de Saul
Através de John Smallman

NUNCA ESTIVERAM SEPARADOS DO AMOR

continuação

No entanto, em decorrência da intimidade e imediatismo da conexão entre mãe e bebê, todas as substâncias químicas – alimento, bebida, medicamentos, etc. – e as emoções que a mãe ingere e experimenta são quase imediatamente compartilhadas com a criança. Portanto, o útero pode ser experimentado como algo muito acolhedor, reconfortante e seguro ou como um ambiente perigosamente tóxico seja, física, espiritual e emocionalmente. Para a maioria, é algo entre esses extremos, nunca perfeito e nunca totalmente inseguro.

Consequentemente, na medida que as crianças crescem e se desenvolvem, automaticamente elas aprendem a se adaptar aos ambientes em que se encontram para sobreviver. Todo aquele que escolhe encarnar como humano na forma, sabe que sofrerá dificuldades, embora, por causa do intenso e brilhante planejamento que precede a encarnação, sabe que pode lidar com mais sucesso com o que quer que venha a surgir durante sua vivência humana.

No entanto, por causa da amnésia, que é um aspecto inevitável da encarnação, rapidamente esquecem que são seres divinos e quase que totalmente lavados pelo meio cultural em que encarnam. E, então se rebelam contra a dor e o sofrimento que surgem em maior ou menor grau e, então enterram ou negam o sofrimento que experimentaram em seus primeiros anos, uma vez que a dor é intensa demais para viver com ela. Isso leva a intensa raiva, projeção, atribuindo seu intenso sentimento de infelicidade aos outros, ao mundo ou a Deus.

A evolução espiritual, que é um importante aspecto do humano em desenvolvimento, deve acontecer gradualmente, na medida que a inteligência do bebê se desenvolve, permitindo e incentivando a curiosidade e a investigação do sentido da vida e do ambiente em que encontra. Frequentemente isso é impedido, quando a criança é gentilmente introduzida nas normas culturais da sociedade em que está crescendo, ou é forçada a alimentar as crenças que o meio cultural em que vive apregoa.

Esse desalinhamento entre a cultura e a curiosidade da criança e o desejo de aprender pode ser devastador e, em nome da paz, ou mesmo apenas para sobreviver, a criança adquire suas crenças culturais e, então, sua evolução espiritual basicamente para.

Por eras, esta tem sido a experiência da grande maioria dos humanos. Agora, isso está mudando rápida e drasticamente e internet tem sido um grande benefício ao incentivar e estimular o compartilhamento de novas ideias que ampliam enormemente os pontos de vista disponíveis para discussão e desenvolvimentos adicionais. Sistemas de crença restritos, estreitos e limitadores não são mais aceitos sem questionamentos.

Essa abertura para novas ideias, realmente, começou a ganhar ímpeto após a Segunda Guerra Mundial e, então, quando novas guerras surgiram em alguma sociedade que havia lutado em duas terríveis guerras para pôr fim à guerra, a insanidade das atitudes que, inevitavelmente, levaram as guerras começou a ser seriamente questionada e rejeitada.

E esse questionamento e rejeição se estende até hoje, porque, embora, para muitos seja muito claro que os métodos antigos não funcionam e não podem funcionar e que por isso não podem trazer a paz mundial persite num sistema autoritário antigo, no qual equipes, tribos ou pessoas com visões diferentes ainda se recusam a reconhecer que suas atitudes são uma parte importante desse problema em andamento.

Agora, isso está mudando muito rapidamente, quando os jovens que tiveram vidas prévias de intenso sofrimento em zonas de guerra, agora, avançam em posições de influência onde a sabedoria que acumularam ao longo de muitas vidas pode ser compartilhada e construída sobre mudanças essenciais nas atitudes e comportamentos que permitirão que o despertar coletivo da humanidade floresça.

A intenção divina é que a vida seja cheia de alegria e que todo ser que Deus criou conhece profundamente dentro de si. Agora, finalmente, esse conhecimento está surgindo na percepção consciente de um número cada vez maior de humanos, independentemente de sua etnia, raça, cultura ou persuasão política ou religiosa.

O ponto de inflexão foi ultrapassado! A humanidade, rapidamente, está se movendo e, justamente no tempo, em direção ao despertar essencial que levará à aceitação de que todos são seres divinos, criados no Amor e que, portanto, todos estão buscando um retorno ao Amor. Amor que é o campo de energia, o campo no qual a consciência surge. É a força da vida que flui dentro de cada ser senciente e que, na medida em que a consciência e aceitação dessa Verdade divina e inalterável continua a preencher os corações de um número crescente de famílias humanas, o despertar será visto numa escala vasta e global. Verdadeiramente, a celebração é a maneira mais apropriada de honrar a inevitabilidade do despertar de cada um, todos os dias. Quando há celebração, o conflito é impossível! Quando há celebração, o Amor brilha.

Com muito Amor, Saul  

Direitos Autorais:

John Smallman

Fonte: http://johnsmallman.wordpress.com/

Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

https://www.sementesdasestrelas.com.br/2019/06/saul-nunca-estiveram-separados-do-amor.html

Deixe uma resposta


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0