Blog do Miguel Faccio

◄◄◄ Dúvidas quanto a navegação do site, clique em "NAVEGAÇÃO".►►► Este Blog tem a finalidade de levar a você o resultado de uma vida de estudo, de dedicação e de aprofundamento dos conhecimentos revelados pela Fonte Suprema. Dou ênfase aos RAIOS DIVINOS OU CHAMAS que é uma das últimas revelações à humanidade, deixando de ser do domínio secreto.

PLV2405 – Livro 18 – Diário, 05/04/2018

05/04/2018

A vida, ninguém pode vê-la. No entanto, ela existe. Não pode ser uma coisa material, pois ela subsiste à matéria, à morte. Ou melhor dizendo, no momento em que a vida se desliga do ser, ele morre, mas ela continua. As coisas materiais, digamos assim: os seres que a ciência dos homens considera vivos só existem porque a vida se expressa dentro deles. Eles somente existem porque a vida os sustenta. A vida tem um poder de se recriar, da mesma forma que Kardec disse da reencarnação: “nascer, morrer, renascer sempre, tal é a lei”. Assim, a vida tem o poder de nascer e renascer sempre; nos vegetais, enquanto houver condições externas que lhe possibilitem. Nos seres animais, renascer a cada vez que um ventre lhe dê condições para tal. É a forma de a vida evoluir: “nascendo, morrendo e renascendo sempre”. A vida é eterna, porque é eterno o poder que a mantém. Esse poder é a essência que Deus Uno Pai/Mãe doa a todos os seres criados; o poder criador e o poder rangedor. Cada reino possui sua forma própria de exercer esse poder, e ele está em tudo o que existe, do átomo à galáxia são mantidos por essa energia e é ela que dá a condição de existência a tudo no universo. A única coisa que precisa é tentarmos entender, que a vida, a existência com todas as suas formas de expressão é o extravasamento Divino de sua energia pelo universo.

Deixe uma resposta


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0